Concurso Magistratura do Trabalho 2017: Saiu o edital para 132 vagas de Juiz! Inicial de R$27,5 mil!

Foi publicado nesta quarta-feira, dia 28 de junho, o edital do Concurso Nacional da Magistratura do Trabalho. São oferecidas 132 vagas para a função de Juiz do Trabalho Substituto, mas a expectativa é de que o número de nomeações possa dobrar ao longo do prazo de validade do concurso, que é de dois anos. 

concurso juiz do trabalho 2017

Concurso Magistratura do Trabalho 2017

Já estava definida, desde o início do mês de maio, a banca organizadora do certame. A Fundação Carlos Chagas (FCC)  será responsável pela assessoria técnica, e a ENAMAT será responsável pela organização do certame.

Inscrições e Requisitos

As inscrições poderão ser realizadas a partir do dia 4 de julho, seguindo até 14h do dia 2 de agosto de 2017, pelo site da Fundação Carlos Chagas (FCC).  O valor da taxa de inscrição é de R$ 275,00 (duzentos e setenta e cinco reais), devendo ser paga até a data limite para encerramento das inscrições.

Para fazer a inscrição definitiva os interessados devem comprovar três anos de atividade jurídica, exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito. O valor do subsídio inicial para o cargo de Juiz do Trabalho Substituto na Justiça do Trabalho é de R$ 27.500,17. 

Conforme o regulamento do certame, aqueles que desejarem ingressar no cargo de juiz trabalhista em qualquer lugar do Brasil prestarão o mesmo concurso. Serão reservadas 20% das vagas para candidatos negros. Os procedimentos para declaração e verificação podem ser encontrados no próprio edital do certame.

Etapas do Concurso Magistratura do Trabalho 2017

O concurso será realizado em cinco etapas: 

  • Primeira: prova objetiva;
  • Segunda: provas discursivas e prova prática (sentença trabalhista);
  • Terceira: inscrição definitiva, exame de sanidade física e mental, e sindicância da vida pregressa e investigação social;
  • Quarta: prova oral;
  • Quinta: avaliação de títulos.

Provas Objetivas – Concurso Magistratura do Trabalho

As provas objetivas serão compostas de 100 questões de múltipla escolha com 5 alternativas de resposta, divididas em 3 blocos, conforme abaixo:

  • Bloco I – 30 questões para as seguintes matérias: Direito Individual do Trabalho, Direito Coletivo do Trabalho, Direito Administrativo, Direito Penal;
  • Bloco II – 40 questões para as seguintes matérias: Direito Processual do Trabalho, Direito Constitucional, Direito Constitucional do Trabalho, Direito Civil e Direito da Criança e do Adolescente e do Jovem;
  • Bloco III – 30 questões para as seguintes matérias: Direito Processual Civil, Direito Internacional e Comunitário, Direito Previdenciário, Direito Empresarial, Direitos Humanos e Direitos Humanos Sociais.

A prova objetiva do Concurso Magistratura do Trabalho terá duração de 5 horas, com início às 13 horas de Brasília do dia 08 de Outubro de 2017.

Distribuição das vagas

O quadro abaixo apresenta a relação de vagas disponibilizadas no Edital da Magistratura do Trabalho:

concurso juiz do trabalho

Conforme o edital, serão reservadas 26 vagas para candidatos negros e  7 vagas para candidatos com deficiência.

Caso o certame tenha mais de 7.500 inscritos, serão chamados 1.000 candidatos para a segunda fase.

Confira o EDITAL DO CONCURSO MAGISTRATURA DO TRABALHO aqui

 

Cursos Preparatórios

O Estratégia Concursos já lançou cursos completos para o Concurso Magistratura do Trabalho 2017, confira:

>> CURSOS P/ CONCURSO MAGISTRATURA DO TRABALHO <<

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *